Novidades

24 de Abril 2017 – Dez Anos

Dez anos – não há maneira fácil de dizer, de descrever, de aceitar. Lembro-me que ao princípio, quando a Madeleine desapareceu, eu não conseguia sequer considerar o que quer que fosse em termos de anos. Shawn Hornbeck raptada e mantida escondida durante quatro anos, Natascha Kampusch mais de oito anos. Não podia pensar nisso. E aqui estamos agora... Madeleine, a nossa Madeleine – dez anos.

A maioria dos dias é igual ao resto – outro dia. 3 de Maio de 2017 – outro dia. Mas dez anos – um horrível marcador de tempo, tempo roubado.

Estamos a preparar-nos para as próximas duas semanas. É provável que seja estressante e doloroso e ainda mais considerando a reintrodução de velhas ‘histórias’, desinformação, meias-verdades e autênticas mentiras que irão fazer as rondas nos jornais, nas páginas sociais e ‘edições especiais’ de programas de TV.

As apresentações na comunicação social são esgotantes e ocasionalmente não ajudam a única coisa que queremos, encontrar a Madeleine. É preciso que tenham uma razão. Poderíamos utilizar todo o nosso tempo e energia a tentar defender-nos corrigindo inexatidões e mentiras mas então não teríamos energia para procurar a Madeleine, cuidar dos nossos outros filhos e viver a nossa vida.

Sinceramente espero que aqueles que reportarem a ‘história’ nas próximas duas semanas tenham consciência. Mesmo que pouca consideração seja demonstrada pelo Gerry e por mim, devem pelo menos ter em conta o efeito que tal negatividade infundada e injustificada pode ter nos nossos filhos – e certamente na Madeleine.

Felizmente está em curso uma investigação policial ativa para tentar encontrar a Madeleine e trazer o seu raptor à justiça. A polícia não deseja neste momento fazer novos apelos portanto estamos a manter o envolvimento de qualquer meio de comunicação para marcar este indesejado marco ao mínimo.

Os dois temas que parecem os mais apropriados para mim ao chegarmos a este marco dos dez anos são perseverança e gratidão. Vamos continuar, tentar o nosso melhor, nunca desistir e fazer da vida que temos o melhor uso possível.

Consideramo-nos imensamente afortunados por ter recebido o amor, solidariedade e suporte de tantas pessoas generosas e decentes durante a última década. Tem havido muitos desafios e pontos baixos pelo caminho mas o calor, encorajamento e positividade que temos experienciado por parte da ‘maioria silenciosa’ tem-nos sem dúvida sustentado e mantido a nossa fé na bondade humana. E enquanto isto existir, haverá sempre esperança.

Muito obrigado de toda a nossa família.

Kate e Gerry


Natal de 2016

Este Natal assinala o nosso décimo sem a Madeleine. Não há realmente palavras. Basta dizer que tentaremos torná-lo numa ocasião de família tão feliz quanto possível apesar de ser inevitavelmente ensombrado com dor e saudade. O ano que se aproxima é também um ano que nunca podíamos crer ou contemplar que tivéssemos de vir a enfrentar.

Muito obrigado a todos os que não se esqueceram da Madeleine, por toda a vossa ajuda e orações. O apoio que continuamos a receber por parte de tantas pessoas, amigos e estranhos, temos a certeza de que nos manterá fortes e no topo durante os difíceis meses que se aproximam.

Alguém sabe. Só esperamos que encontrem a coragem e compaixão para nos fazer saber também.

Esperamos que o vosso Natal seja feliz e que 2017 traga esperança, felicidade e paz.

 

Kate & Gerry

 


Natal 2014

FELIZ NATAL a todos os que nos dão o vosso apoio.

Uma vez mais este ano ficámos surpreendidos pelo suporte que continuamos a receber na nossa procura pela Madeleine – e abrir centenas de cartões de Boas Festas foi uma vez mais uma verdadeira experiência em humildade. O calor, a bondade e o compromisso de nunca esquecer precipitou mais do que algumas lágrimas felizes! Obrigado.

É difícil ignorar nesta quadra do ano aquele sentimento de ‘aqui estamos novamente’ ainda sem qualquer ideia de onde está a nossa filha ou do que aconteceu. O que podemos dizer é que a nossa determinação de descobrir, bem como a esperança que tem estado sempre presente, não diminuiu. Além disso é muito aparente que a determinação da ‘Metropolitan Police’ continua firme apesar dos permanentes desafios que enfrentam.

Não importa onde ela esteja, a Madeleine estará, como sempre, muito connosco e a nossa família este Natal.

Obrigado por a manterem também nos vossos corações.

Desejamos a todos um 2015 muito feliz em paz.

Kate and Gerry

 


11 de Junho de 2014 – Declaração de Gerry e Kate


Estamos muito satisfeitos com a atividade significante que teve lugar na Praia da Luz nos últimos 8 dias com policiais e equipas de apoio do Reino Unido a trabalhar em estreita colaboração com a Policia Judiciária e a Guarda Nacional Republicana. Estamos mais encorajados por não ter sido encontrado nenhum vestígio da Madeleine apesar das intensivas pesquisas, e isto reforça o que acreditamos, que ela ainda poderá estar viva. Como pais de uma criança desaparecida, sempre quisemos que fossem seguidas todas as linhas razoáveis de inquérito e é gratificante saber que será levado a cabo trabalho substancial nos próximos meses com a estreita cooperação das autoridades Britânicas e Portuguesas. Gostaríamos de agradecer a todos os envolvidos pelos seus esforços e aos membros do público que avançaram com informações. 

Gerry e Kate

 


11 de Junho de 2014 – Actualização da Operação Grange


Oficiais da Operação Grange, a trabalhar ao lado de especialistas nas suas áreas de vários locais do Reino Unido, da Policia Judiciária e da Guarda Nacional Republicana, completaram hoje, quarta-feira, 11 de Junho o período de oito dias de trabalho de pesquisa de áreas específicas de terreno na Praia da Luz.

Até agora não foi identificada evidência relacionada com a Madeleine McCann. No entanto deu-nos uma compreensão essencial da atividade e das pessoas que usaram este terreno.

Esta foi a primeira fase desta grande investigação que foi acordada com os Portugueses no seguimento de quatro Cartas Rogatórias Internacionais enviadas até à data. Foi acordada mais atividade que esperamos comece brevemente. Além disso estão a ser compilados outros pedidos que serão apresentados oportunamente.

A decisão de pesquisar o terreno baldio em forma de ferradura a oeste da Praia da Luz e outros locais foi tomada como resultado específico do trabalho de investigação do Reino Unido até à data.

A área total do terreno pesquisado e investigado foi de aproximadamente 60.000 metros quadrados e incluiu todos os serviços públicos, canais de drenagem e edifícios degradados. Foram inicialmente identificadas 41 anomalias no terreno por levantamento aéreo e análise de solo, que foram depois investigadas em detalhe. Estas incluíram três fora da área original.

Esta deslocação, que foi a maior alguma vez realizada pela polícia do Reino Unido no estrangeiro num caso desse tipo, destacou a natureza eficaz da assistência prestada pelas autoridades Portuguesas, pela qual a equipa de investigação e a família estão muito gratos.

A compreensão e cooperação da media no seguimento da sessão de orientação feita pelo Comissário Assistente Rowley antes da deslocação foram também notadas e apreciadas.

Há ainda uma quantidade substancial de trabalho a ser concluída nas próximas semanas e meses, que deve também ser visto como nada mais do que atividade operacional normal num caso desse tamanho e complexidade. Este trabalho recente é para garantir que todas as linhas de investigação progridem de forma sistemática e abrange apenas uma hipótese de que a Madeleine foi morta e enterrada localmente. Isto é o mesmo que seria feito no Reino Unido num caso de assassínio ou numa investigação de alto risco de pessoa desaparecida. O pessoal de apoio científico envolvido esteve presente para providenciar o mais alto nível de garantia que esta área foi pesquisada dentro dos mais elevados padrões possíveis.

 


Actualidades 3 de Maio de 2014 – Sétimo Aniversário do Rapto da Madeleine


Sete anos sem a nossa filha, sete anos sem uma irmã mais velha para o Sean e a Amelie. Às vezes sentimo-nos totalmente sem palavras. Muitas das vezes não existem palavras. A nossa situação parece tão irreal hoje como o foi naquela primeira noite sem a Madeleine.

Sempre que sinto que estou a ficar paralisada com descrença, desconforto, frustração ou tristeza, tenho que concentrar a minha mente nos aspectos positivos, dos quais há muitos.

A ‘Metropolitan Police’ continua a fazer progressos encorajadores na sua investigação com novos indícios a serem descobertos, informações novas a chegar à investigação como resultado de apelos feitos e subsequentemente, conexões feitas entre pessoas e eventos. Estamos extremamente gratos ao público em geral por continuar a apoiar a investigação, especialmente àqueles que tiveram a coragem de avançar com informações apesar de circunstâncias difíceis. Enquanto os ‘Metropolitan Police Services’ estão cautelosamente otimistas em iniciar inquéritos no terreno em Portugal num futuro próximo, nós estamos realmente esperançados de que isto se transforme num esforço concertado por parte das autoridades Portuguesas pois sabemos que há ainda muito a fazer. Trabalhar em conjunto é a chave para o progresso da investigação e uma Equipa de Investigação Conjunta (JIT-Joint Investigation Team) pode proporcionar uma maneira mais simples de trabalhar com menos burocracia. Podem ter-se passado sete anos desde a última vez que vimos a Madeleine, mas a passagem de mais semanas e meses como resultado de desnecessários atrasos e barreiras não é apenas frustrante, mas incrivelmente angustiante. Cada dia sem a Madeleine e cada dia sem saber nada é um dia a mais, independentemente de quanto tempo tenha já passado.

Maio é um mês importante no mundo inteiro para todas as crianças desaparecidas e suas famílias sendo 25 de Maio o Dia Internacional das Crianças Desaparecidas. Este Maio é particularmente especial no Reino Unido já que vai ser feito o lançamento de um novo sistema melhorado de Alerta de Resgate de Crianças (CRA – Child Rescue Alert) (para ajudar a localizar crianças raptadas e desaparecidas em perigo grave) pela organização de caridade ‘Missing People’ (Pessoas Desaparecidas) e o ‘National Crime Agency’ (Departamento Nacional de Crime). Acredito que este sistema (baseado no sistema 'Amber Alert', altamente eficaz nos EUA) vai ajudar a salvar as vidas de crianças raptadas e aliviar o sofrimento das suas famílias. É um passo em frente muito encorajador.

Durante todo o mês a organização de caridade ‘Missing People’ leva a cabo uma campanha intitulada 'Forget-Me-Not’ (Não Me Esqueçam) com várias opções diferentes de o público se envolver para ajudar a encontrar crianças desaparecidas. Uma maneira simples e muito importante de poder colaborar é inscrever-se no ‘Child Rescue Alert’. Ao registar-se receberá por texto ou correio electrónico um alerta com informações relevantes quando uma criança é raptada na sua área. Desta forma poderá participar na pesquisa imediatamente e desempenhar um papel vital em ajudar a encontrar uma criança em perigo. Por favor tire um minuto para visitar o sítio www.childrescuealert.org.uk e registe-se hoje. Existem várias outras maneiras de ajudar também – veja em www.missingpeople.org.uk

Escusado seria dizer, mas precisa ser dito... estamos gratos para além do que possa exprimir por palavras pela dedicação firme e contínua, ajuda e amor de todos os nossos leais apoiantes. MUITO obrigada por manterem a Madeleine nos vossos corações.

PASSARAM SETE ANOS.
CONTINUA DESPARECIDA.
CONTINUAM AS SAUDADES.
NUNCA SERÁ ESQUECIDA.
OBRIGADA.



Kate

 


 

Actualidades 2 de Maio de 2013


SEIS ANOS. Acho que não somos os únicos a achar difícil de acreditar.

É difícil saber o que escrever a cada ano que passa, sem ter notícias sobre Madeleine. De certa maneira, nada mudou. Continuamos preocupados com ela, sentimos a falta dela como sempre, e continuamos tão determinados quanto antes em encontrá-la e a saber o que aconteceu.

A única coisa que evoluiu significativamente ao longo deste ano foi o trabalho realizado pela Metropolitan Police. Continuamos muito encorajados pelo seu trabalho e pelas diversas coisas que conseguiram descobrir até o momento. Seu compromisso e contínua determinação é similar à nossa e traz-nos grande conforto. Seguimos com esperança e rezamos para que o trabalho da Metropolitan Police, em conjunto com o das autoridades portuguesas, conduza a um significante progresso na busca pela Madeleine. Precisamos encontrar Madeleine e trazer alguma paz à nossa família.

Recordo-me que, nos primeiros dias, Gerry comentou que não tínhamos a certeza se esta viagem seria uma corrida de pouca distância ou uma maratona. Tem sido muito, mas mesmo muito mais do que uma maratona (e agora até já estou habilitada para dizer isso!). Prezamos bastante a sorte que temos em estarmos cercados por este fantástico suporte e por tanto tempo. Obrigado a todos os que nos apoiam, por estarem ao nosso lado e por nunca se esquecerem de Madeleine. Seguiremos este longo percurso, durante o tempo que for preciso. Obrigado por lá estarem também.

E, finalmente, um especial "obrigado" a todos os que me patrocionaram na recente maratona de Londres. As vossas doações, que já atingiram mais de 21000 Libras (incrível!), vai permitir à instituição de caridade ‘Missing People’ (Pessoas Desaparecidas) procurar muitas crianças desaparecidas e adultos vulneráveis​​, bem como o apoio necessário para as suas famílias. A vossa compaixão e generosidade vai ajudar a aliviar o sofrimento de muitas pessoas. Obrigada!

Kate



Actualidades: 20 Setembro 2012


Obrigado a todos o que apoiaram a nossa campanha de verão novamente. Ao exibir o novo cartaz, auto-colante no carro ou etiqueta na bagagem com a imagem de Madeleine, a consciêncialização sobre o seu desaparecimento mantém-se, o que nós pedimos ao o público em geral é que continuem a procurar por ela.

Estamos constantemente a pensar em novas maneiras de melhorar a nossa busca por Madeleine: não sabemos qual vai ser, ou quanto vai demorar para a encontrarmos. Pode até vir a ser um simples caso de "no lugar certo à hora certa", é por isso que precisamos ser perseverantes nos nossos esforços para manter as pessoas informadas.

A Metropolitan Police segue com a revisão de investigação e estamos muito encorajados com o seu trabalho. Continuamos com a esperança que o caso seja reaberto em Portugal no futuro próximo, de forma a que a investigação para encontrar a nossa filha seja retomada.

A campanha nacional (Reino Unido) em que eu estive envolvida, como embaixadora para a Instituição ‘Missing People’ (Pessoas Desaparecidas), encontra-se agora na sua décima semana. Esta campanha tem sido possível graças à generosa ajuda do Centro de Comunicação Exterior (Outdoor Media Centre) e dos seus membros, em parceria com a equipe da ‘Missing people’. Imagens de crianças e adultos desaparecidos foram exibidos em enormes cartazes por muitas cidades em todo o Reino Unido, apelando para a ajuda do público em geral. Muitos já ​​foram encontrados desde que a campanha começou, obviamente isto é uma notícia fantástica. Obrigado a todos que apoiaram esta iniciativa e responderam a esses apelos. A vossa ajuda é inestimável. (Mais atualizações em tempo oportuno)

Nós continuamo-nos a sentir que temos as mãos atadas, mas ao mesmo tempo impulsionadas pela quantidade de apoio que ainda recebemos de muitas pessoas. Essas pessoas dão apoio e, sem dúvida, também apoiam a nossa busca por Madeleine. Obrigado.

Kate



Sexta-Feira, 25 de Maio de 2012


Hoje, dia 25 de Maio, é o Dia International das Crianças Desaparecidas – um dia para recordar os milhares de crianças que desaparecem em todo o mundo todos os anos. Temos a esperança de que esta data fique ‘entranhada’ no pensamento das pessoas para que possamos lidar com este problema tão vasto e avassalador.
Este ano, no Reino Unido, este dia foi assinalado pelo lançamento de duas iniciativas valiosas:

1. A Instituição de caridade ‘Missing People’ (www.missingpeople.org.uk) lançou um número de telefone único, 116 000, é um número para quem precisar aconselhamento, ajuda e apoio no caso de você, ou um ente querido, desaparecer. É gratuito, disponível 24 horas ao dia e é confidencial.
(NA: Para reportar um criança desaparecida, ligue 999)

2. O Centro Contra a Exploração de crianças e protecção on-line (Child Exploitation and Online Protection centre - CEOP; www.ceop.police.uk) em conjunto com o Grupo de Pais e Crianças raptadas (Parents & Abducted Children together - PACT; www.pact-online.org) lançaram uma nova versão da página web do MissingKids, www.missingkids.co.uk. Esta página inclui informação e recursos sobre as tantas crianças desaparecidas, dentro e fora do Reino Unido, e permite que as forças policiais de todo o mundo tenham acesso a dados e fotografias dessas crianças. A página é uma ferramenta importante para encontrar crianças desaparecidas e reuni-las com as respectivas famílias.

O que é que nós lhe pedimos:
Só no Reino Unido, todos os anos, mais de 250 mil pessoas são dadas como desaparecidas. Cerca de 140 mil destas são crianças. Por trás de uma criança ou um adulto desaparecido está uma família que sofre imenso, com mágoa e confusão.
Por favor não se esqueça deste número, 116 000. Guarde-o no telemóvel e reencaminhe-o para outras pessoas. Um dia poderá precisar dele.

Visite www.missingkids.co.uk e circule este endereço web pelos seus contactos. Por favor tome 10 minutos a ver as diferentes imagens de crianças desaparecidas na página. Foi estimado que 1 em cada 7 crianças desaparecidas (1 em 7!) é encontrada devido a um membro do público que reconhece a criança depois de ver a fotografia. Cada um de nós pode fazer a diferença.

E finalmente, obrigada ao Governo, às Instituições de caridade e Organizações, empresas e publico em geral por ajudarem a consciencializar as pessoas, fornecer recursos vitais e por aderir às buscas. Vamos continuar!

Kate



ACTUALIZAÇÃO: 2 de Maio de 2012

É muito difícil encontrar palavras para descrever como nos sentimos passados cinco anos sem a Madeleine. Impossível, doloroso, aterrador, desesperante, incompreensível. Por vezes parece uma eternidade e outras vezes parece que foi ontem.

O que é certo é que desde que a revisão da Metropolitan Police começou em Maio do ano passado, a possibilidade de encontrar a Madeleine e de descobrir o que aconteceu é muito maior. Além disso, embora de menos importância, as nossas vidas e as da nossa família têm sido muito mais suportáveis este ano, simplesmente porque sabemos que, finalmente, todas as pedras estão a ser reviradas.

Temos a esperança de que a investigação seja reaberta em Portugal brevemente, uma vez que haveria mais possibilidades de encontrar a Madeleine e a pessoa que cometeu este crime – de resolver o caso. O termo “mistério” (usado pelos meios de comunicação social) não deveria ser aplicado até que se tenham investigado todas as opções. Estas não foram exploradas nem o poderão ser até o caso ser reaberto.

A imagem de progressão da idade de Madeleine, que foi lançada a semana passada, é um instrumento importante na procura pela Madeleine. Acreditamos que esta imagem compartilha uma grande semelhança com o que a Madeleine poderá parecer agora. Por favor, ajude-nos a difundir esta imagem
o mais que possa. Pode ser que alguém a reconheça.

Houve crianças sequestradas que apareceram muitos anos depois.
Não podemos desistir e nunca vamos desistir. Por favor, continue a procurar pela Madeleine.

E se sabe alguma coisa, nunca é demasiado tarde para fazer o que está certo:
CONTACTE: OPERATION GRANGE através do número 0044 207 321 9251, or por email: Operation.Grange@met.pnn.police.uk
OU TELEFONE A CRIMESTOPPERS confidencialmente www.crimestoppers-uk.org.

Queremos aproveitar esta oportunidade para agradeçer a todos os que nos apoiaram e consolaram, os que lutaram, os que choraram e riram conosco ao longo destes cinco anos. Sem vocês nunca chegariamos até aqui. O vosso apoio tem sido fantástico, inestimável e muito muito humilde. Obrigado.


Kate e Gerry



ATUALIZAÇÃO 17 mar 2012

No sábado, Gerry e eu, juntamente com amigos nossos e centenas de outros corredores, corremos os 10 quilómetros no evento 'Milhas para Pessoas Desaparecidas' em Regent's Park, Londres.

Foi muito encorajador - a julgar pela brilhante participação - para ver se o clima e as condições daí resultantes (chuva, vento e lama!) não fariam desistir algum de nós. Também foi fantástico ter tantas crianças a participar na corrida de diversão. Muito bem!

Um grande obrigado a todos os que apoiaram o evento (incluindo todos aqueles que generosamente me patrocinaram e a outros corredores). Desta maneira contribuíram para o trabalho essencial feito pela equipa de 'Missing People' e ajudaram os muitos adultos e crianças desaparecidos, e suas famílias.

E finalmente, obrigado a ‘Missing People' por todo o seu árduo trabalho e dedicação, dia após dia, para tornar a vida de pessoas como nós um pouco mais suportável.

www.missingpeople.org.uk



ATUALIZAÇÃO NATAL 2011

É Natal – outra vez. Uma época de emoções mistas para a nossa família e muitas outras em posição semelhante ao redor do mundo. Uma época para nos mantermos unidos.

Obrigado a todos pelo vosso apoio ao longo do ano e por se manterem unidos a nós no nosso desejo e determinação de encontrar a Madeleine.

O ano terminou com uma nota positiva. A nossa busca pela Madeleine e a revisão do caso pela Metropolitan Police estão a progredir bem. Além disso, este Dezembro foi marcado por um evento significante para a proteção e suporte de crianças desaparecidas e das suas famílias. O programa ‘Missing Children and Adults’ Strategy’ (Crianças Desaparecidas e Estratégia de Adultos) do Governo pretende reduzir o número de pessoas que desaparecem; proteger os desaparecidos enquanto estão ausentes e dar acesso às famílias a apoio semelhante ao que é dado às vítimas de crime. A estratégia foi o resultado de 12 meses de campanhas por indivíduos e organizações como, por exemplo, a instituição de caridade ‘Missing People’ (Pessoas Desaparecidas).

Obrigado a todos que apoiaram esta campanha e influenciaram este desenvolvimento significativo.

Neste Natal, por favor, mantenha a Madeleine e todos os entes queridos desaparecidos e suas famílias nos seus pensamentos e orações. Obrigado.

O suporte que nos dá nos permite-nos entrar em 2012 com energia renovada e esperança continuada.

 

Kate e Gerry



ACTUALIZAÇÃO – Outubro 2011

Os meus avós costumavam sempre dizer que os anos passam mais depressa à medida que vamos ficando mais velhos. Certamente sinto isso. Ainda sonho com poder parar o tempo. A nossa única alternativa é continuar a fazer o máximo que podemos da melhor forma possível para melhorar a procura pela Madeleine. Portanto é isso o que vamos fazer.

Obrigada a todos os que compraram e leram o meu livro. Não só está a ajudar o financiamento da nossa investigação e campanha, mas também mantêm o foco na Madeleine e na nossa necessidade de a encontrar. Parece óbvio que quanto mais pessoas estiverem informadas pelo mundo fora, mais olhos e ouvidos a Madeleine terá a ajudar a sua procura. Estamos realmente muito gratos pelo vosso apoio. 

Agradecemos também a ajuda do público em geral na obtenção a revisão do caso da Madeleine. Foi um grande alívio para nós que o nosso Governo finalmente concordasse que esta revisão fosse feita. Estamos-lhes gratos bem como à ‘Metropolitan Police Service’ por realizarem este procedimento fundamental e altamente valioso que está em curso há vários meses. Apesar de ser um processo longo e difícil, é definitivamente um passo primordial em frente para a Madeleine.

Gostaria também de agradecer a todos que nos tem escrito ou de alguma forma demonstrado o seu suporte nos últimos seis meses. Mais uma vez fomos tocados pela incrível bondade e dedicação que nos foram demonstradas e à Madeleine e amparados pelo contínuo encorajamento e positividade.

 

Kate


A nossa carta para o Primeiro Ministro David Cameron e a sua resposta, 11 de maio de 2011

Caro Primeiro-Ministro

Como um pai dedicado e homem de família, sabe a importância das crianças. A nossa querida filha mais velha, Madeleine, foi sequestrada da Praia da Luz, em Portugal, há quatro anos. Desde então, temos dedicado todas as nossas energias para assegurar que regresse em segurança.

Hoje estamos a escrever-lhe - também o fazemos ao governo britânico e português – para nos ajudar a encontrar Madeleine e trazê-la para onde ela pertence: a nossa família.

Vivemos na esperança de que Madeleine será encontrada viva e voltará para nós. Um telefonema pode ser tudo o que é necessário para encontrar Madeleine e o seu raptor.

Para isto, procuramos uma revisão conjunta, TRANSPARENTE e INDEPENDENTE de TODAS as informações recolhidas em relação ao desaparecimento de Madeleine. Até ao momento não houve nenhuma revisão formal do material na posse das autoridades policiais - que é prática rotineira na maioria dos crimes não resolvidos.

Uma peça-chave do "puzzle" poderá facilmente ter sido negligenciada.

Temos tentado, em vão, que as autoridades do Reino Unido e Portugal desempenhassem o seu papel.

Mas, infelizmente, os nossos pedidos parecem ter caído em ouvidos surdos. É simplesmente inaceitável que tenham, para todos os efeitos, desistido de Madeleine.

Eu sei que irá partilhar a nossa preocupação de que nenhuma autoridade no mundo está actualmente à procura de Madeleine. A nossa pequena equipa de investigadores tem estado a trabalhar sozinha. Eles não têm acesso a todas as informações recolhidas no decurso do inquérito e não têm poderes legais.

É fundamental para qualquer incidente que uma revisão do caso seja realizada para identificar todas as pistas que possam ser exploradas e que poderão levar a novas informações a acrescentar ao inquérito. As informações no caso Madeleine ainda não foram colocadas numa base de dados capaz de cruzar provas.

Os benefícios de reunir as diferentes provas podem ser enormes, mas até que isso seja feito, nós não podemos ter a certeza do que, se alguma coisa, foi perdido. Quatro anos podem ter passado, mas ainda é possível encontrar Madeleine. Como dissemos antes que não queremos palavras ocas, sem sentido.

Queremos acção. Queremos que as autoridades nos ajudem. O raptor de Madeleine ainda está lá fora - outras crianças podem estar em risco.

Não é suficiente dizer apenas que é uma investigação Portuguesa.

Não é justo que se tenha desistido de uma jovem e vulnerável cidadã britânica. Este continua a ser um caso de uma criança desaparecida por resolver. As crianças são o que temos de mais precioso.

Por favor, não desista de Madeleine.

Kate e Gerry McCann




Resposta de David Cameron

 

Queridos Kate e Gerry,

Agradeço a vossa carta sincera e comovente. O vosso sofrimento é o pior pesadelo de qualquer pai e o meu coração está com vocês os dois. Eu simplesmente não posso imaginar a dor que devem ter vivido ao longo desses quatro anos de agonia, e a força e determinação que ambos demonstram ao longo do tempo tem sido notável.

Estou plenamente consciente da frustração que devem sentir, à medida que mais tempo passa e nenhuma notícia surge. Discutimos isso mesmo quando nos conhecemos, embora perceba que mais de dezoito meses se passaram desde então. O facto de terem sido tão corajosos ao longo de todo este tempo e sem desistirem fala mais alto.

Pedi à Ministra da Administração Interna para que averigúe o que mais o Governo poderá fazer para ajudar a Madeleine. Ela vai escrever-vos ainda hoje, definindo novas acções envolvendo a Polícia Metropolitana as quais, esperamos, ajudem a aumentar os esforços na busca de Madeleine. Espero sinceramente que esta nova abordagem traga ao inquérito o novo impulso que necessita.

Sei que todos esperam e rezam por um resultado positivo, e os nossos pensamentos permanecem com vocês e com a vossa família. Vamos, naturalmente, manter-nos em contacto estreito.



Obrigado
David Cameron


Cameron's Response



 

UPDATE 2 de Maio de 2011

2011 está a ser um ano incrivelmente atarefado. Todos os anos, desde que a Madeleine foi levada, o têm sido, mas este particularmente.

Entre Janeiro e Março, organizámos três eventos de angariação de fundos – “Bags Of Hope pela Madeleine”, no National Space Centre em Leicester, na Cripta da Metropolitan Cathedral em Liverpool e no Crowne Plaza Hotel em Glasgow. Apesar do tempo e esforço dispendido a organizar estes eventos, foram os três muito positivos.

Para além do dinheiro reunido para manter as buscas pela Madeleine, estas ocasiões são muito importantes para reunir apoiantes, dar uma nova energia à campanha e chamar à atenção para o assustador problema da falta de recursos das associações de crianças desaparecidas e exploradas.

O calor humano e o apoio demonstrado também nos deram, a mim, ao Gerry e a toda a família, um ânimo essencial. Gostaríamos de agradecer a todos os que apoiaram estes eventos – as equipas dos locais, os caterers, os apresentadores, os que doaram malas e outros prémios e, claro, todos os que assistiram aos eventos. Estamos muito agradecidos a Steve Womack, Ricky Tomlinson e Sanjeev Kohli, em particular, por investirem o seu tempo a apoiar a Madeleine e tornarem estas noites extremamente especiais.

O meu projecto principal, este ano, tem sido escrever o livro. Será lançado na quinta-feira, dia 12 de Maio, que pungentemente e por coincidência é o dia do oitavo aniversário da Madeleine. É um alívio ver chegar ao fim este período intenso. Esperamos e rezamos que ele nos traga o resultado que almejamos e que não apenas o livro, mas toda esta provação e sofrimento seja ultrapassada muito em breve.

A Madeleine continua desaparecida e ainda há muito para ser feito. Os nossos esforços para a encontrar não diminuíram. Quanto muito, têm aumentado. A necessidade de as autoridades fazerem uma revisão do caso continua e o nosso desejo para a conseguir mantém-se firme. Esta é uma pedra que definitivamente necessita ser virada pela Madeleine.

Gostaríamos de reiterar a nossa gratidão a todos os nossos apoiantes, por não esquecerem. Podem ter passado quatro anos, mas a nossa menina continua desaparecida. E continua a ser possível encontrá-la. A vossa gentileza e apoio pode ajudar-nos a consegui-lo.

Obrigada por não desistirem da Madeleine.

Kate



Actualização: 17 de Dezembro de 2010

Este mês marca o quarto Natal sem a Madeleine. Esperamos do fundo do nosso coração que, onde quer que ela esteja, esteja segura e bem e quem quer que esteja com ela a esteja a tratar com o amor e respeito que ela tanto merece.

Queremos agradecer a todos os que nos têm apoiado por ‘se manterem ao nosso lado’ apesar das injustiças a que continuamos a ser submetidos. A Madeleine é a pessoa que mais sofre com toda esta injustiça. É este factopor si só que nos causa o maior desespero. É absolutamente de partir o coração.

As ‘notícias’ do Wikileaks esta semana levaram à repetição no Reino Unido e em Portugal em particular de muitas alegações e calúnias infundadas. Isto foi aproveitado como uma oportunidade por aqueles que desejam aumentar o nosso sofrimento e entravar os nossos esforços, incluindo a pessoa a quem estava confiada a tarefa de encontrar a nossa filha. Os que podiam ter ajudado a Madeleine mas escolheram não o fazer são também cúmplices nesta injustiça. Sem o amor e ajuda de tantas pessoas pelo mundo fora não teríamos sido capazes de encontrar forças para continuar a nossa luta para encontrar a nossa filha.

Obrigado a todos os que assinaram a nossa petição pedindo aos Governos do Reino Unido e Portugal para que seja conduzida uma revisão independente do caso Madeleine. A petição continua em curso. Se ainda não a assinou e gostaria que a procura pela Madeleine continue, por favor assine a nossa petição ‘on-line’ http://www.ipetitions.com/petition/madeleinemccann_case_review/ ou assine o formulário de petição em papel. Este formulário pode ser descarregado do ‘website’ e distribuído por lojas, pelos postos de correios, etc., e ser-nos devolvido.

Juntamente com a nossa família, gostaríamos de agradecer a todos que nos enviaram cartões de Natal, cartas, donativos e presentes nesta época tão difícil do ano. É impossível encontrar suficientes palavras positivas para descrever tal generosidade ou o importante e caloroso impacto que tem sobre nós. Sem dúvida ajuda-nos imensamente e por tal estamos extremamente gratos.
Desejamos a todos vós um Feliz Natal e um 2011 muito feliz, com muita saúde e positivo. Por favor lembre-se de dedicar um pensamento e uma oração por todas as crianças que não estarão com as suas famílias este Natal.

Obrigado.


Kate e Gerry



Actualização: 15 de Novembro de 2010

Existem várias e diferentes razões pelas quais o meu marido e eu tomamos a decisão de escrever e publicar um livro. Esta decisão não foe nada fácil. Foi preciso considerar muitos factores detalhada e cuidadosamente sobre o impacto deste livro nas vidas das nossas três crianças. A minha razão para o escrever é simples: contar a verdade.

Publicar este livro foi uma decisão muito difícil e que tomamos depois de muita deliberação e com um grande peso no coração. No entanto, com a diminuição do Fundo da Madeleine nos últimos meses, não nos restou outra alternativa senão tomar esta decisão.

Cada cêntimo que seja gerado pela venda do livro será utilizado para procurar a Madeleine. Nada é mais importante para nós do que encontrar a nossa menina.

Confiamos que este livro ajude a investigação a encontrar a Madeleine também de outras maneiras. A nossa esperança é que incite aqueles que tenham informação relevante (consciente ou inconscientemente) a partilharem-na com a nossa equipa. Alguém possui a ‘peça chave do puzzle’.

Bill Scott-Kerr, publicista de Transword, comprou o livro à Agência Literária Christopher Little para publicação na primavera de 2011. Todos os direitos de autor serão doados directamente ao Fundo da Madeleine – ‘Não Deixar Nenhuma Pedra por Virar Limitada’ (Leaving no Stone Unturned Limited).

Bill disse: ‘É um enorme privilégio publicar este livro. Estamos encantados por nos unirmos a Kate e a Gerry McCann na campanha para encontrar a Madeleine’.

Muito obrigada pelo vosso apoio contínuo.



3 de Novembro de 2010


Enquanto escrevo, passam exactamente três anos e meio desde que a nossa filha nos foi tirada tão cruelmente. Três anos e meio sem que Madeleine tenha estado com o seu irmão, a sua irmã, os seus pais ou os seus melhores amigos.

Continuamos a procurá-la. A nossa pequena equipa continua a rever a informação disponível, ainda que não tenhamos acesso a TODA a informação que as autoridades do Reino Unido e de Portugal têm. Foram entrevistadas centenas de testemunhas, recebidas mais de 1.000 chamadas telefónicas, recebidos e organizados mais de 15.000 e-mails e foi mantida e actualizada uma base de dados que reúne toda a informação que temos vindo a receber. Apesar das dificuldades resultantes da falta de apoio oficial, temos seguido novas pistas e procurado novos dados para investigar.

Ao longo dos últimos dois anos e três meses nenhuma força policial fez algo realmente importante para nos ajudar a procurar Madeleine, nem teve lugar qualquer reanálise formal dos elementos detidos pelas autoridades policiais – o que é uma prática em muitos países, especialmente quando ainda não se encontrou a peça principal do «puzzle».

Temos tentado, sem sucesso, junto das autoridades do Reino Unido, que elas façam a sua parte, mas os nossos pedidos não encontraram eco. Mesmo assim, não acreditamos que tenham desistido de encontrar Madeleine, mas precisamos que as autoridades façam mais.

Sabemos, por outro lado, que não estamos sozinhos. Temos tido o incondicional apoio da nossa família, amigos e, claro, do público. Muitos destes apoiantes procuram-nos para saberem como nos podem ajudar, dizendo “se houver alguma coisa que possamos fazer, digam-nos” ou “gostaria de ajudar mas não sei como”. Para todas estas pessoas e para si também, o meu pedido é simples:

Precisamos do seu apoio para continuarmos a pressionar os Governos Inglês e Português para procederem a uma revisão conjunta ou independente do caso.

Como fazê-lo? Visite: http://www.ipetitions.com/petition/madeleinemccann_case_review/ hoje mesmo e assine a petição endereçada às autoridades do Reino Unido e Portugal para que conduzam uma revisão independente e transparente de toda a informação relativa ao desaparecimento de Madeleine. E, por favor, aproveite para espalhar a palavra, encorajando outros a fazer o mesmo. Juntos podemos juntar todas as pontas deixadas soltas no processo e encontrar Madeleine.

Muito obrigado

Uma outra forma de mostrar o seu apoio poderá ser a entrega de um pequeno donativo destinado a financiar as investigações para encontrar Madeleine.

Não há qualquer evidência de que Madeleine tenha sofrido danos físicos ou esteja morta. Temos de continuar a procurá-la. É preciso, para bem dela e de todas as crianças raptadas ou em risco, saber quem a levou de nós e porque o fez.
Mas procurar a nossa filha implica custos significativos. Para garantir o prosseguimento das investigações, de forma dinâmica, temos utilizado as generosas doações feitas ao Fundo Madeleine pelo público em geral, pela família e pelos amigos, bem como o valor resultantes das indemnizações por difamação e de outros esforços de angariação.
O Fundo Madeleine tem permitido:

  • Que a nossa equipa de investigação, composta por antigos polícias, possa levar a cabo trabalho investigatório em vários Países.

  • Um assistente/tradutor Português.

  • Uma linha telefónica disponível 24 horas, com tradução, para receber informação do público.

  • Meios de ligação em Portugal e no Reino Unido para garantir a transmissão de informações fundamentais.

  • As campanhas de sensibilização em Portugal, Espanha e outros lugares.

  • O alojamento e manutenção do site e campanhas em redes sociais, para difundir o caso na internet.


Enquanto escrevo esta carta, se o Fundo Madeleine se mantiver como está, chegará ao fim na Primavera de 2011.
Tal significa o fim de qualquer procura activa da nossa filha, a partir daí.
Por isso, precisamos novamente da sua ajuda.
Caso possa fazer uma doação ao Fundo Madeleine, consulte www.findmadeleine.com.
Verá que:

  • £1 assegura 1 hora de disponibilidade de um call center em vários idiomas

  • £2 asseguram a produção de 12 suportes de divulgação distribuídos a quem viaja para qualquer parte do mundo

  • £10 asseguram 1.000 cartazes traduzidos e distribuídos em todo o mundo

  • £25 garantem acesso a um serviço telefónico 24 horas em vários idiomas durante um dia

  • £50 asseguram os custos de funcionamento do grupo de investigadores durante 2 horas

  • £420 garantem a produção de 10 mil cartões de oração por Madeleine em vários idiomas


Existe pelo menos uma pessoa no mundo que sabe o que aconteceu a Madeleine. Precisamos de chegar até essa pessoa. Precisamos de alcançar a peça chave de informação, a «peça que falta ao puzzle». Uma só chamada telefónica pode ser o que precisamos para encontrar Madeleine e quem a levou.

A nossa menina tem agora 7 anos de idade. É inocente, vulnerável e está à espera de ser encontrada. Por favor, assine a petição e ajude-nos a encontrá-la.

Em nome da minha família,

Obrigado


Gerry


Actualização 6 de Setembro de 2010

Com o Verão a chegar ao fim, gostaria de agradecer a todos os que ajudaram na Campanha de Verão usando as etiquetas de bagagem da Madeleine, exibindo cartazes, vestindo as t-shirts nas suas viagens e claro permanecendo vigilante. Obrigado também a todos os estudantes que nos estão a ajudar com a nossa iniciativa 'Estudantes pela Madeleine'. Não tenho dúvida que tudo ajuda. Manter a imagem da Madeleine exposta aumenta grandemente as probabilidades de a encontrarmos. Adicionalmente, sabemos que alguém sabe onde está a Madeleine. Mais uma lembrança dela pode ser tudo o que é preciso para que finalmente nos informem.

Apesar desta época de Verão ser um período relativamente sossegado para todos, o nosso trabalho para encontrar a Madeleine continua. Terão lugar algumas modificações e desenvolvimentos em termos de estratégia e ideias na tentativa de não deixar nenhuma pedra por virar na nossa investigação. Isto incluirá algumas mudanças na Direcção do Fundo da Madeleine, simplesmente para tentar melhorar a eficiência e eficácia do que estamos a fazer. Passaram-se agora três anos e quatro meses desde que a Madeleine nos foi tirada. Nenhum de nós alguma vez pensou que ainda estivéssemos hoje na posição em que estamos. Inevitavelmente têm que haver alterações por razões variadas mas, principalmente, isto também permitirá às pessoas ajudarem-nos e apoiarem-nos de maneiras diferentes. Apesar da mudança, o alvo, compromisso e a vontade continuam a ser encontrar a Madeleine.

Obrigado pelo vosso continuado apoio.


Kate


31 de maio, Rescue Alert Atualização Importante: Criança

Child Rescue Alert

Última terça-feira, 25 de maio, foi Dia Internacional da Criança em falta. Lamentavelmente, o dia não parecem ter tanta atenção como merece, ou melhor, como todas as crianças desaparecidas merece - e precisa!

O dia também foi importante como o Reino Unido de novo "Child Rescue Alert 'foi lançado. Gerry e eu, juntamente com muitos outros, dura campanha em 2008 para o desenvolvimento de um sistema desse tipo em todos os países da Europa, a ajuda quando uma criança é raptada. Muitos de vocês também ajudaram a fazer o lobby pelo bem-sucedida campanha de um deputado no momento. Em vista disso, penso que é importante que tantas pessoas quanto possível dentro do Reino Unido estão conscientes e familiarizados com esta nova "Child Rescue Alert". Este é um sistema que pode salvar a vida de uma criança. Cada membro do nosso país pode desempenhar um papel neste processo, se eles estão cientes do CRA e do seu uso.

O Rescue Alert Child será usado pela polícia, quando é provável que uma criança foi raptada e em perigo iminente de dano grave ou morte. Quando o CRA é lançado, o público será notificado através de diversos canais de mídia, incluindo TV e rádio, com transmissões de ser interrompido em uma base regular, para garantir que tantas pessoas quanto possível tenham conhecimento do rapto e, portanto, capaz de ajudar. O número de telefone com informações na sequência de um alerta será: 0300 2000 333. (NB: Se você acha que seu filho foi sequestrado, ou se você acha que tem visto um sequestro em curso antes da CRA é lançado, ligue para o 999 imediatamente).

Para obter mais informações sobre a Criança Rescue Alert, por favor visite www.npia.police.uk

Outra forma de ajudar as crianças desaparecidas agora é visitar http://shop.ebay.co.uk/pact_auction/m.html. Este é um leilão on-line de arte celebridade organizado pela PACT (pais e crianças raptadas Juntos;-online.org www.pact) em apoio a crianças desaparecidas. Você pode compra agora para criativo 'balão' obra de arte por Robert Pattinson, Sir Roger Moore, Michael Caine senhor e muitos outros - e, ao mesmo tempo ajudar a prosseguir o seu trabalho PACT desesperadamente importante em nome de todas as crianças desaparecidas! (O leilão termina no final desta semana).

Finalmente, no outro pode chegar ao fim, gostaríamos de dizer outra 'obrigado' a todos que tem continuado a apoiar-nos em nossa busca por Madeleine. Estamos muito gratos por todos os cartões e cartas cheias de palavras amáveis e de incentivo, as doações para "Madeleine's Fund", belas flores e também os cartões de aniversário e presentes para Madeleine. Basta dizer que esse apoio e carinho é inestimável e muito apreciada.

Muito obrigado.

Kate





INTERNATIONAL Tag der vermissten Kinder: 25. Mai

PACT Balloon

Na terça-feira (25 de Maio) celebra-se o Dia Internacional das Crianças Desaparecidas (IMCD - International Missing Children's Day). É o dia em que recordamos todas as crianças desaparecidas pelo mundo fora que se encontram separadas das suas famílias. É também uma oportunidade para todos nós tentarmos ajudar estas crianças e marcar a diferença neste vasto e trágico problema global.

A NPIA-National Policing Improvement Agency vai re-lançar na terça-feira o Alerta para Resgate de Crianças do Reino Unido. O sistema de 'Alerta' para crianças raptadas foi actualizado de modo a melhorar a sua eficácia. Espera-se que venha a ser uma ajuda muito útil para encontrar crianças rapidamente e devolvê-las às suas famílias. A nossa esperança é que todos os 27 Estados-Membros da União Europeia envidem os seus esforços para implementar sistemas similares e pô-los a funcionar eficazmente e tão rapidamente quanto possível, incluindo a essencial cooperação entre fronteiras.

PACT (Parents and Abducted Children Together – Pais e Crianças Raptadas Unidos) marcará o Dia Internacional das Crianças Desaparecidas duma forma particularmente excitante! Entre no 'site' www.pact-online.org e descubra como. A equipa do PACT faz um trabalho incrível para tentar tornar o mundo num lugar mais seguro para as nossas crianças, por isso dê-lhes o seu apoio se puder.

Como os pais de uma criança desaparecida todos os dias são difíceis de uma maneira ou de outra. Queríamos pedir a todos para, nesta terça-feira em particular, dedicarem um pensamento e uma oração a todas as crianças desaparecidas. Se puder ajudar de qualquer maneira, quer de uma forma prática divulgando a informação, ou fazendo uma dádiva a uma das organizações de Crianças Desaparecidas (por favor veja a nossa secção de 'Missing Children'), ficaremos muito gratos.

Só porque um problema não se vê, não quer dizer que não exista ou que possa ser esquecido.

As crianças desaparecidas necessitam a nossa ajuda. Podemos todos marcar a diferença.

Obrigado pelo vosso fantástico apoio.

Kate




Update: 18. Mai 2010

After 81 MilesEu competi na Etapa Caledonia no Domingo 16 de Maio. Devido a condições suaves, excelente andamento (especialmente Duncan Morrisson número 1172) e com um vento a seguir todo o camimho de volta, consegui ficar bem colocado à frente do esperado em 3 horas 51min 27sec. Eu terminei na posição 171 na frente de 3500 competidores de modo que não há muito espaço para melhorias no próximo ano!

Obrigado a todos aqueles que me têm patrocinado especialmente Andy Renwick, Alan Crombie, Paul MacIntyre e Michelle Jeffrey pelo apoio nesse dia e por terem feito doações para o Fundo Madeleine.

Gerry




Update: Eine weitere 81 Meilen für Madeleine

Poster acerca do Evento

Madeleine está desaparecida há pouco mais de 3 anos e teve recentemente o seu 7º aniversário.

Este fim-de-semana eu estou a competir na Etapa Caledonia - são 81 milhas (130km) de bicicleta através de Highland Perthshire com quase 2000m de subidas. Eu estou a angariar dinheiro para o Fundo find Madeleine - Não Deixar Pedra Por Virar e eu ficaria agradecido se considerassem em me patrocinar. Eu espero conseguir em menos de 5 horas - se o tempo, ferimentos e sorte o permitirem! Doações podem ser feitas via página de doações ou directamente através de transferências na internet (direcção está disponível na página das doações).

Por favor incluir etapa na referência.

Obrigado.

Gerry


Website Atualização: Terceiro Aniversário

Obrigado a todos os que permaneceram connosco ao longo dos últimos três anos – com esperança, a rezar e a apoiar os nossos esforços para encontrar a Madeleine e trazê-la de volta a casa. Sabemos que não teríamos conseguido tanto como conseguimos sem este apoio.

Datas significantes e aniversários nunca são fáceis, mas o trabalho para encontrarmos a nossa Madeleine continuará apesar de tudo, com a mesma determinação e tenacidade de sempre e pelo tempo que for necessário.

Podem ter-se passado três anos sem a Madeleine mas certamente não sentimos que chegamos ao fim do caminho – longe disso.

Madeleine. Continua desaparecida, continuamos a sentir a sua falta, continuamos a procurá-la!


2/5/2010

Obrigado a todosos que permaneceram connosco ao longo dos últimos três anos - com esperança, arezar e a apoiar os nossos esforços para encontrar a Madeleine e trazê-la devolta a casa. Sabemos que não teríamos conseguido tanto como conseguimos semeste apoio.

Datas significantes e aniversários nunca são fáceis, mas o trabalho paraencontrarmos a nossa Madeleine continuará apesar de tudo, com a mesmadeterminação e tenacidade de sempre e pelo tempo que for necessário.

Podem ter-se passado três anos sem a Madeleine mas certamente não sentimosque chegamos ao fim do caminho - longe disso.

Madeleine.Continua desaparecida, continuamos a sentir a sua falta, continuamos aprocurá-la!


ACTUALIZAÇÃO 13 DE MARCO DE 2010

Hoje juntámo-nosa centenas de pessoas que participaram numa corrida de 10 kms no Hyde Park, em Londres, em suporte do trabalho que é feito pela caridade 'Missing People' (Pessoas Desaparecidas) (www.missingpeople.org.uk).

'Miles for the Missing People' (Milhas para as Pessoas Desaparecidas) foi o primeiro do que passará a ser um evento anual.Muitos familiares que também têm membros da sua família desaparecidos (por uma variedade de circunstâncias diferentes) vieram dar o seu suporte ao evento e chamar a atenção para todas as crianças e adultos que se encontram desaparecidos. Queremos agradecer a Martin Houghton-Brown e à equipa de 'Missing People', que organizaram a corrida de hoje, pela sua dedicação e trabalho árduo, apesar dos limitados recursos e reconhecimento.Gostaríamos também de agradecer a todos os que participaram na corrida e/ou que demonstraram o seu suporte hoje, bem como a todos aqueles que muito generosamente me patrocinaram e aos outros participantes.

Eventos como o de hoje ajudam a lembrar ao mundo que estas crianças e adultos ainda continuam desaparecidos. Ao suportarem esta causa estamos todos a dar-lhes uma oportunidade muito necessária de serem encontrados – e, espera-se, reunidos comas suas famílias.


05/03/2010

Os acontecimentos desta semana foram simultaneamente incompreensíveis e particularmente perturbantes.

Na terça-feira, o Procurador Regional da República entregou a documentação (relativa à investigação que visa encontrar a nossa filha) à comunicação social inglesa, em resposta ao seu pedido de acesso à informação. Disponibilizar esta informação publicamente prejudica gravemente a procura da Madeleine e põe em risco testemunhas e elementos do público em geral (alem de lhes causar enorme ansiedade).

A divulgação e publicação de informação desta forma também compromete potencialmente investigações futuras. É difícil perceber como é que alguém beneficia das acções desta semana.

É imperativo que as Autoridades assumam a responsabilidade pela informação sensível ou confidencial. Nós, e o público em geral, precisamos de garantias de que esta situação não será permitida no futuro. Igualmente, necessitamos de garantias absolutas de que todas as informações e pistas credíveis sejam investigadas.

Também apelamos a cada profissional da Comunicação Social para que pondere a sua responsabilidade pessoal - para ocasionalmente deixar para segundo plano os interesses comerciais e ter em mente as consequências potenciais das suas acções, especialmente quando estão em risco a vida e o bem estar de pessoas.

Os nossos investigadores têm actuado de forma professional e com toda a integridade. Estamos empenhados em encorajar qualquer pessoa que tenha qualquer informação relativa ao rapto da Madeleine para que contacte a nossa equipa de investigadores directamente por telefone (08458384699 ou 800 814 028) por email (investigation@findmadeleine.com) ou através da caixa postal indicada no site. A informação pode ser dada de forma anónima por qualquer das vias.

Estamos incrivelmente gratos a todos os que nos continuam a apoiar na nossa procura da Madeleine. Em semanas como esta, é inestimável saber que não estamos sozinhos ao enfrentar este percurso difícil.


Declaracao de Kate e Gerry McCann sobre a decisao do Tribunal Civel de Lisboa

Estamos muito satisfeitos com a decisão de hoje. Ao manter a ordem formal de suspensão da venda do livro de Gonçalo Amaral e do DVD a que deu lugar, o Juiz concordou que houve expressivos e continuados prejuízos sobre a procura da nossa querida filha Madeleine, bem como aos direitos da nossa família. Estamos muito agradecidos ao Juiz por ter posto um fim nesta injustiça.

O Tribunal demonstrou, mais uma vez, que não há evidência que Madeleine tenha sofrido algum ferimento. Foi também claramente demonstrado que não há forças policiais activamente à procura de Madeleine, mesmo quando, de forma chocante, são confrontados com novas informações e pistas. Os motivos dos que tentaram convencer o mundo de que Madeleine está morta, e que de forma falsa e malévola nos tentaram envolver no seu desaparecimento, devem ser severamente questionados.

Apesar das afirmações dolorosas e caluniosas do Sr. Amaral e dos seus seguidores para nós e nossa família, a nossa primeira preocupação foi sempre e será sempre, procurar Madeleine através dos nossos próprios esforços de investigação. As autoridades portuguesas e britânicas são ainda responsáveis por que cada pista credível seja investigada e que uma investigação pela nossa inocente e vulnerável filha seja efectivamente levada a cabo.

Nós devemos e continuaremos a procurar Madeleine e os responsáveis pelo seu rapto. Imploramos ao público, especialmente aos portugueses, que nos ajudem a procurar Madeleine, que se mantenham vigilantes e que nos dêem qualquer informação que nos permita encontrar a nossa filha. Por favor, não se esqueçam de Madeleine. Por favor contactem o 800 814 028 (em Portugal) ou o 0845 8384699.

Muito obrigado

Kate e Gerry McCann

Lisboa, 18 de Fevereiro de 2007